Segunda-Feira, 04 de Março de 2024 - 19:44:15    Oferecimento Mato Grosso em Destaque
Facebook Mato Grosso em Destaque Instagram Mato Grosso em Destaque Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque WhatsApp Mato Grosso em Destaque
Mato Grosso em Destaque


Data: 16/10/2023 - 09:23 - Por: Da Redação

A criação da cidade 142 gera questionamentos em Mato Grosso

O processo de emancipação se originou a partir de uma lei apresentada pelo ex-deputado Nico Baracat, que, após aprovação e sanção pelo ex-governador Dante Martins de Oliveira em 29 de abril de 2000


Após vinte e três anos da aprovação de uma lei estadual, a emancipação de Boa Esperança do Norte, o 142º município de Mato Grosso, finalmente se tornou oficial, encerrando assim uma longa batalha judicial que se estendeu por mais de duas décadas.

O processo de emancipação se originou a partir de uma lei apresentada pelo ex-deputado Nico Baracat, que, após aprovação e sanção pelo ex-governador Dante Martins de Oliveira em 29 de abril de 2000, estabeleceu a criação do município. Boa Esperança do Norte foi desmembrado dos municípios de Sorriso e Nova Ubiratã. Naquela época, houve um plebiscito em que a população expressou o desejo de se tornar independente, e o projeto foi aprovado pelo ex-deputado José Geral Riva, que presidia a Assembleia Legislativa.

José Geral Riva refletiu sobre o processo de criação de Boa Esperança do Norte e expressou incertezas quanto à decisão. Ele destacou a importância de atualizar o estudo da cidade e seus impactos sobre os municípios-mãe. No entanto, Riva reconheceu que, após o plebiscito e a vontade da população, não havia motivos para se opor.

Atualmente, Boa Esperança do Norte é uma cidade com aproximadamente 10 mil habitantes e possui infraestrutura semelhante a muitas cidades em Mato Grosso. A cidade está localizada a 140 km de Sorriso e abrange uma área de 450 mil hectares, dos quais 380 mil eram originalmente parte de Nova Ubiratã e 90 mil de Sorriso.

A criação da nova cidade enfrentou resistência, especialmente de Nova Ubiratã, que perdeu 80% de seu território, enquanto Sorriso perdeu apenas 20%. O subprefeito Itamar Porto está atualmente encarregado da organização da cidade até que um novo prefeito assuma em janeiro de 2025.

Aqueles que defendem a emancipação argumentam que, se Boa Esperança tivesse iniciado suas atividades econômicas na época, estaria entre os vinte municípios mais produtivos e economicamente viáveis de Mato Grosso. Eles acreditam que a cidade, situada na próspera região do Médio Norte, poderia ter se destacado como parte do agronegócio que impulsiona a economia regional e global.




Curta Nossa Página no Facebook:





Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: A criação da cidade 142 gera questionamentos em Mato Grosso

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.


COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA COM SEUS AMIGOS




Mato Grosso em Destaque | Portal de Notícias de Mato Grosso - Todos os direitos reservados.

Facebook Mato Grosso em Destaque    Instagram Mato Grosso em Destaque    Canal no Youtube do Portal Mato Grosso em Destaque    WhatsApp Mato Grosso em Destaque

E-Mail: reportagem@matogrossoemdestaque.com.br

Política de Privacidade | Termos de Uso


Invent Web - Agência Digital